NFe 4.0 - A nova versão da NFe!


No dia 02 de julho de 2018 será desativada a versão 3.10 da nota fiscal eletrônica (NFe) utilizada atualmente, ficando em operação apenas a nova versão 4.0.

É importante ressaltar as novas tecnologias adotadas pela Sefaz nacional que passarão a serem obrigatórias a partir desta data, as quais, exigem atualização de diversos componentes no Windows das máquinas que executam o Sigin e o UniNFe (transmissor da NFe).

Abaixo, seguem as duas novas tecnologias que os sistemas operacionais que executam o Sigin e o UniNFe precisam ter instaladas e ativadas:

  • Protocolo de comunicação TLS 1.2;
  • .NET (dotNet) 4.6.2.

Estas novas tecnologias têm por objetivo deixar a transmissão da NFe mais segura, evitando assim, fraudes.

O problema é que algumas versões mais antigas de Windows como, por exemplo, Windows XP e Windows Server 2003, não possuem suporte a tais tecnologias, precisando assim, serem atualizadas ou até mesmo substituídas.

Abaixo, segue relação de versões de Windows vs. compatibilidade com o protocolo TLS:

Vale ressaltar que, mesmo se o Windows for compatível com o protocolo, isso não significa que o mesmo está ativo, por isso, é necessário validar se o protocolo está devidamente instalado e ativado.

Além do protocolo TLS apresentado acima, outra tecnologia que o sistema operacional precisa ter é o .NET 4.6.2.

Segue abaixo relação de versões de Windows vs. .NET 4.6.2:

Portanto, é de extrema importância que seja atualizado o Sigin e solicitado ao técnico para que verifique se os Windows de todos os computadores que executam o Sigin e o UniNFe suportam e têm instaladas as tecnologias citadas acima.

Enfatizamos que, caso isto não seja providenciado antes do mês de julho deste ano, quando ocorre a troca de versão da NFe na Sefaz, TODO O FATURAMENTO de NFe, NFCe, CTe e MDFe FICARÁ PARADO a partir do dia 02/07/2018, e não haverá nada que possa ser feito por parte da OM, a não ser orientar a acionar o técnico responsável pela infraestrutura da empresa e providenciar a adequação que, em alguns casos, pode significar até mesmo substituir computadores que não suportam versões mais atuais de Windows.

Sendo assim, acione o técnico e questione a ele se os dois itens acima estão ativados em todos os computadores (sistemas operacionais) onde o Sigin e o UniNFe são executados e, caso não estiverem, é necessário que o técnico providencie isso. A OM também sugere que seja solicitado ao técnico para que deixe o sistema operacional 100 por cento atualizado, pois em testes já verificamos situações nas quais as duas tecnologias estavam ativadas e, mesmo assim, a transmissão da NFe 4.0 não funcionou corretamente, sendo que, após a aplicação das atualizações do Windows Update, a transmissão funcionou com êxito.

Para qualquer questionamento, nos ligue através dos telefones abaixo, ou abra um tópico através do site do Suporte Virtual.

  • (51) 3748-2110 - RS
  • (41) 4062-1887 - PR
  • (21) 4062-7941 - RJ
  • (27) 4062-9051 - ES

A OM se coloca a inteira disposição para sanar qualquer dúvida, pois nosso desejo é que tudo esteja adequado até o mês de julho, de forma que não haja nenhum tipo de transtorno.

Referências:



Perguntas frequentes:


P. Em resumo, o que eu devo fazer?

R. Você deve acionar o seu técnico e pedir para ele verificar em todas as máquinas que rodam o Sigin e o UniNFe, se o .NET 4.6.2 e o TLS 1.2 estão devidamente habilitados no Windows e, após isso, deve ser feita a atualização do Sigin. Também é sugerível que o técnico deixe o Windows totalmente atualizado (Windows Update).


P. Todas minhas máquinas acessam via TS (Conexão de Área de Trabalho Remota) o servidor. Onde eu tenho que fazer estas verificações?

R. Deve-se fazer as verificações das duas novas tecnologias nas máquinas que rodam o Sigin, neste caso, apenas no servidor. Se o UniNFe é executado em outra máquina, deve-se nesta máquina também fazer as devidas validações. Nas máquinas que apenas usam a Conexão de Área de Trabalho Remota para acessar o Sigin, estas validações não são necessárias.